Inicial - Notícias - Secretário de Saúde troca prestação de contas por medalha em Brasília

Secretário de Saúde troca prestação de contas por medalha em Brasília

FOTO: AEN

Na primeira prestação de contas de 2018 da Secretaria da Saúde à Assembleia Legislativa, o chefe da pasta não apareceu. A informação oficial era de que o secretário foi até Brasília receber uma medalha do presidente da República Michel Temer.

“Se eu fosse homenageado pelo presidente, recusaria. É uma desonra diante de um governo desqualificado como o atual”, declarou o deputado estadual Nereu Moura, integrante da Comissão de Saúde.

Não é a primeira vez que Michele Caputo Neto se ausenta do compromisso.

Durante todo o ano passado, a prestação, que acontece a cada quatro meses, foi realizada por representantes da SESA. “Um total desrespeito com o Legislativo”, disparou o parlamentar.

Nereu Moura rebateu o posicionamento do governo do Paraná diante da real situação da saúde no Estado.

“O governo apresenta o setor como se estivesse num mar de rosas, sem problemas. ‘O SUS é uma maravilha, os hospitais impecáveis, remédios em abundância’. Não é verdade, longe da verdade, infelizmente”, desabafou.

O deputado fez coro com os servidores da saúde ao ler uma carta aberta endereçada aos parlamentares.

“O relatório de gestão da Secretaria da Saúde, pelo tamanho do documento, causa a falsa impressão de que a SESA tem robustez nas suas ações, mas frisamos: é uma falsa sensação”.

O documento lista os principais problemas enfrentados  pela população e por quem esta na ponta, no contato direto com pacientes:  “fantasiosos programas prioritários.; interesses políticos  definem repasses financeiros; queda na cobertura vacinal; alta de indicadores que sinalizam aumento de mortes por doenças respiratórias, meningites, além da mortalidade materno infantil; sífilis com crescimento assustador; rede de saúde do trabalhador e a rede de saúde mental esquecidas; hospitais próprios sem investimento.”

 

Confira o que diz o deputado estadual Nereu Moura sobre o assunto: