Inicial - Notícias - Pedágio: catracas liberadas se espera ultrapassar os 10 minutos

Pedágio: catracas liberadas se espera ultrapassar os 10 minutos

Se a espera nas praças de pedágio do Paraná ultrapasssar os 10 minutos, as catracas têm de ser liberadas. O mesmo deve acontecer se a fila superar os 300 metros. É o que diz o projeto de lei do deputado Nereu Moura que foi aprovado na Assembleia Legislativa.

A norma já é prevista pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), mas, como só vale nas rodovias federais, dificilmente é colocada em prática.

Os contratos firmados entre governo estadual e concessionárias especificam que a fluidez do trânsito deve ser garantida para que os usuários cheguem aos destinos de acordo com suas programações de tempo, sem congestionamentos decorrentes de gerenciamentos incorretos ou ineficientes, inclusive, nas praças de pedágio e postos de pesagem.

“Para assaltarem a população com tarifas abusivas, cada linha dos contratos (duvidosos) é seguida à risca, já as normas que beneficiam a população são esquecidas. Quero deixar esse direito mais do que claro na legislação”, afirma o parlamentar.