Inicial - Notícias - Paraná vive tragédia sem precedentes

Paraná vive tragédia sem precedentes

O deputado estadual Nereu Moura (MDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (07) para denunciar a dívida que será deixada por Beto Richa aos próximos governantes.
Em clima de campanha, já que deve concorrer ao Senado nas eleições deste ano, Richa percorre o Estado anunciando obras e mais obras, que não devem ser feitas . O atual chefe do Executivo, no entanto, parece não estar muito preocupado, já que a conta, de bilhões de reais, não será paga na sua gestão.
Os anúncios “irreais” foram feitos pelo secretário-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, na primeira sessão de 2018 da Assembleia Legislativa na última segunda-feira (05).
“Ele (Rossoni) anuncia um Paraná que vive como Alice, no País das maravilhas, com retomada de capacidade investimentos, mas o emissário do governador esquece de dizer que o Estado está em meio a uma tragédia sem precedentes na saúde, na educação, na infraestrutura. O passivo que será deixado é impagável. A população, os servidores públicos sofrem”, declarou Nereu Moura.
O parlamentar lembrou da festança que aconteceu em frente ao Palácio Iguaçu esta semana para a “entrega” de viaturas (alugadas) ao Instituto Médico Legal. A cerimônia aconteceu depois que uma família esperou 13 horas o IML recolher o corpo do familiar assassinado na Região Metropolitana de Curitiba.
“Um governo irresponsável e que propaga inverdades aos quatro cantos do Paraná”, finalizou Nereu Moura.