Inicial - Notícias - #LeidoNereu: Setembro Vermelho incentiva doação de órgãos

#LeidoNereu: Setembro Vermelho incentiva doação de órgãos

De janeiro a julho deste ano, a Central Estadual de Transplantes do Paraná registrou 126 recusas de doação de órgãos (rim, fígado, pâncreas, coração, córneas) – pessoas declaradas com morte encefálica e que seriam potenciais doadoras , mas o procedimento não foi autorizado por suas famílias.

Para gerar esclarecimentos sobre o tema e incentivar a doação de órgãos e tecidos é que surgiu o “Setembro Vermelho”

A campanha está prevista na  Lei Estadual 18.803, criada a partir de um projeto apresentado pelo deputado estadual Nereu Moura.

A doação, na avaliação do parlamentar, é um ato de amor extremo, de enorme respeito pela vida e de solidariedade. “De toda a cadeia de processos que envolvem um transplante de órgão, o componente mais importante é o doador”, lembra o parlamentar.

Ainda de acordo com dados oficiais, de janeiro a julho de 2018, o Paraná registrou 619  transplantes por meio de 324 doações.

 ‘Setembro Vermelho’
De acordo com a legislação, no mês de setembro o Poder Público, em cooperação com iniciativa privada e entidades civis, deve realizar campanhas para implementar ações educativas à população, desenvolvendo a consciência sobre a necessidade da doação.

O Dia Nacional de Doação de Órgãos é em 27 de setembro.